Cuiabá, 08 de Fevereiro de 2023
logo

29 de Novembro de 2022, 10h:11 - A | A

PAPO RETO / PODE DOBRAR

Vereadora detona aumento abusivo de IPTU; "Não vamos votar"

DO REPÓRTER MT



A vereadora Michelly Alencar (União Brasil) usou seu perfil no Instagram, nessa segunda-feira (28), para detonar a mensagem enviada pela Prefeitura de Cuiabá à Câmara Municipal, que visa aumentar em quase 500% o valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Cuiabá para 2023.

Na postagem, onde ela reproduz seu discurso na tribuna do Legislativo Municipal, a vereadora alerta para os impactos negativos sobre a população e defende que a peça não seja votada.

"Não vamos trazer para esta casa irresponsabilidade que está sendo tomada por uma gestão que não pensa naquilo que a população será impactada. IPTU abusivo, IPTU com mais de 200%, 300% e 500% de reajuste nós não vamos votar aqui".

O prefeito Emanuel Pinheiro tem defendido que não se trata de "aumento", e sim de "atualização da planta genérica de valores". No entanto, independente do nome, o fato é que o valor do IPTU vai subir em todos os bairros da Capital, se a proposta for aprovada.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

victor 30/11/2022

e um assunto que deve ser tratado sem paixão, vereadora procure saber sobre a real necessidade dessa correção, ai tem justiça fiscal, cobrando que quem tem mais para beneficiar toda cidade. procure saber a verdade , assim podera se acalmar.

Dinheiro democrático no bolso 29/11/2022

Se pelo menos os bairros tivessem algum benefício da prefeitura.. mas o que vemos são bairros esburacados e mal cuidados, lamentável a falta de respeito com o pagador de impostos...será mais dinheiro para o paletó, somente isto.. benefícios nada...isso que dá corruptos no poder...

roberto 29/11/2022

Na minha opinião, a correção dos valores venais dos imóveis é justa, porém, o prefeito, ao invés de ir ajustandoi gradativamente ,ano a ano, deixou para fazer uma correção repentina, brusca, de uma vez só, e daí vem a reclamação justa da populaçao. Existem mensagens nas redes sociais que a prefeitura está com a economia em frangalhos, pagando apenas folha e as empresas amigas do REI ! Alías, em algumas postagens foram citadas que talvez não tenha dinheiro nem para pagar a folha de pagamento nos proximos meses !

Reghis 29/11/2022

Vereadora inexpressiva, sem projetos, mas sempre bem vestida e maquiada, afinal ganha bem e nada faz pela sociedade. A posição dela está incorreta: o projeto tem de ser votado e reprovado. Como se não possui a maioria? Denunciando o abuso através das redes sociais, da mídia, de reuniões com as pessoas, criação de palanques itinerantes nos bairros, mostrando à população o que pode acontecer, enfim, trabalho trabalho trabalho, ao invés de falar somente para o espelho. É bom lembrar aos apoiadores do presidente eleito, que o prefeito de Cuiabá e sua esposa apoiaram o mesmo e estão no mesmo caminho: aumentar o custo de vida para a população. E toca o enterro.

4 comentários

1 de 1