facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

08 de Novembro de 2017, 10h:05 - A | A

PAPO RETO / CPI DO PALETÓ

Vereador quer ouvir Silval e ex-secretário em investigação contra Emanuel Pinheiro

DA REDAÇÃO



O vereador Marcelo Bussiki (PSB), autor do requerimento de abertura da CPI que vai investigar o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro e possivelmente presidente da Comissão, já avisou que quer ouvir ‘ex-ilustres’.

Ele afirmou que vai chamar para se explicarem na Câmara de Cuiabá o ex-governador Silval Barbosa, o ex-assessor Silvio Correa, além do ex-secretário de Estado Alan Zanatta, por exemplo.

A CPI deve ser instalada na próxima semana, já que pelo menos nove vereadores teriam que assinar o documento para autorizar as investigações contra Emanuel. 

Assinaram a CPI os vereadores Toninho de Souza (PSD), Abílio Brunini (PSC), Joelson Amaral (PSC), Elizeu Nascimento (PSDC), Felipe Wellaton (PV), Dilemário Alencar (Pros), Gilberto Figueiredo (PSB) e Diego Guimarães (PP), que são oposição ao prefeito, e, curiosamente, os vereadores da base aliada a Emanuel, Luís Cláudio (PP) e Adevair Cabral (PSDB).

Emanuel foi flagrado em um vídeo, que ganhou repercussão nacional, recebendo dinheiro das mãos do ex-assessor de Silval, Silvio Correa. Eram tantos maços de dinheiro, que o então deputado deixa cair no chão e depois se abaixa para pegar.

Segundo Silval, em delação premiada, o montante era referente à propina paga aos deputados estaduais.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

JOVANLDO 08/11/2017

PALHACADA ISSO AI....E SO ELES NAO COMPARECEM NESSE CIRCO....O MUNICIPIO NÃO TEM COMPETENCIA PARA INVESTIGAR O ESTADO...VAO TE CATA

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1