Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

23 de Dezembro de 2014, 16h:12 - A | A

PAPO RETO / SEM RISCO DE MORTE

Uso de armas não letais por policiais é prioridade no país a partir desta terça

DA REDAÇÃO



Armas não letais, de menor potencial ofensivo, como gás lacrimogêneo, balas e cassetetes de borracha, spray de pimenta e arma de eletrochoque, também conhecida como taser, terão prioridade na ação policial em todo o país, desde que essa opção não coloque em risco a vida dos policiais . É o que determina a Lei 13.060/14 publicada na edição desta terça-feira (23) doDiário Oficial da União.

De acordo com o texto, armas não letais têm baixa probabilidade de causar mortes ou lesões permanentes e são projetadas para conter, debilitar ou incapacitar pessoas temporariamente.

A lei proíbe o uso de armas de fogo nos casos de abordagem a pessoa desarmada em fuga ou contra veículo que desrespeite bloqueio policial, desde que o uso do armamento de menor poder ofensivo não coloque em risco a vida do agente de segurança ou de terceiros. Com ABr

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia