Cuiabá, 01 de Outubro de 2022
logo

16 de Agosto de 2022, 16h:10 - A | A

PAPO RETO / DENÚNCIA NO MPT

Suplente de Neri é acusado de assédio sexual e desvio

DO REPÓRTER MT



O deputado federal Neri Geller (PP), candidato ao Senado, definiu, na segunda-feira (1), colocar o presidente da Fetagri-MT (Federação dos Trabalhadores na Agricultura), Nilton Maceso como segundo suplente de sua chapa. Entretanto, com a decisão, veio à tona que ele é alvo de acusações de assédio sexual, moral e supostos desvios financeiros da ordem de R$ 1 milhão na entidade.

As denúncias foram formalizadas em julho passado por meio de uma representação no Ministério Público do Trabalho (MPT), assinada pela secretária-geral da Fetagri-MT, Marilza Reis Moraes Silva, e a membro do Conselho Fiscal da Federação, Leudislene da Silveira Fraga.

Conforme o documento, há diálogos em aplicativo de celular que comprovam o suposto assédio sexual. "A vítima, agora depois de não conseguir mais aturar e se libertar psicologicamente do trauma sofrido está disposta a dar seu depoimento para fins das medidas cabíveis", diz a denúncia.

O caso está sendo investigado.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia