Cuiabá, 01 de Outubro de 2022
logo

06 de Agosto de 2022, 10h:20 - A | A

PAPO RETO / DESARMADO POR JUIZ

PMs estariam fazendo segurança armada para Paccola

DO REPÓRTER MT



O vereador tenente-coronel Marcos Paccola (Republicanos) afirmou essa semana que tem recebido apoio dos "irmãos de farda", integrantes da Polícia Militar, que estariam se mobilizando para fazer sua escolta armada, agora que a Justiça de Mato Grosso suspendeu seu porte de arma de fogo.

A decisão atendeu um pedido do Ministério Público do Estado (MPMT), que ofereceu denúncia contra o vereador por homicídio qualificado do agente socioeducativo Alexandre Miyagawa de Barros, conhecido como Japão, que aconteceu em 1º de julho, no bairro Quilombo, em Cuiabá.

Em sessão na Câmara, Paccola agradeceu o apoio e disse que os militares já se organizaram em turnos para escoltá-lo em seus períodos de folga.

Paccola foi homologado como candidato a deputado estadual nas convenções do Republicanos, nessa sexta (5), mas não compareceu ao evento. A assessoria informou que ele "viajou com a família", mas sem escolta.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia