Cuiabá, 03 de Fevereiro de 2023
logo

09 de Dezembro de 2014, 16h:59 - A | A

PAPO RETO / PIZZA DE SOJA

Pela terceira vez, CPI não faz oitivas de diretores da Cooamat

DA REDAÇÃO



Os diretores da Cooperativa Agroindustrial de Mato Grosso (Cooamat) mais uma vez não foram encontrados para serem notificados sobre a ida deles na reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cooperativas para prestar depoimento sobre a denúncia de que estariam fraudando o fisco estadual. Com isso, a reunião marcada para a tarde de hoje foi adiada e a expectativa é na quinta-feira (11) uma nova reunião seja realizada. 

Esta é a terceira reunião adiada devido ao fato de os depoentes não serem localizados. O presidente da CPI, deputado Alexandre Cesar (PT), já solicitou ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso que seja designado um oficial para fazer a notificação e, caso necessário, fazer a condução coercitiva. 
 
A CPI aguarda ainda que a Secretaria de Estado de Fazenda e a Procuradoria Geral do Estado atendam aos requerimentos enviados há mais de duas semanas com solicitação de documentos. 
 
Esta é a terceira vez que o depoimento do presidente da Cooamat, Donato Cechinel, é adiado, pois o mesmo não é encontrado, nem em sua residência e nem no seu local de trabalho. Como não compareceu até hoje, a oitiva dele será novamente transferida para quinta-feira. 
 
O conselheiro fiscal da cooperativa, Saul Lourenço de Lima, também não foi encontrado, assim como o diretor executivo financeiro, Roberto Bertoncello. O último depoimento está marcado para dia 11, com a ida do secretário da cooperativa, José Vengrus Filho. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia