facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Julho de 2024
22 de Julho de 2024

19 de Outubro de 2017, 11h:57 - A | A

PAPO RETO / AFASTADO DO TCE

Pedido de aposentadoria de Antônio Joaquim está prestes a ser sancionado

DA REDAÇÃO



O pedido de aposentadoria do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Joaquim, está prestes a ser sancionado pelo governador Pedro Taques (PSDB).

Antônio Joaquim oficializou o pedido de aposentadoria do cargo de conselheiro, no dia 12 de setembro, ou seja, dois dias antes da Operação Malebolge, que o afastou. A medida está no Gabiinete da Presidência do TCE e segue para a sanção do governador.

A partir de agora o projeto de Antônio Joaquim, conforme suas declarações, é  disputar o Governo do Estado em 2018.

Até então a maior probabilidade é que ele se filie ao PTB para articular a candidatura. Enquanto isso, ele tem feito declarações de oposição ao governador.

Antônio Joaquim foi afastado por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, durante a Operação Malebolge, deflagrada pela Polícia Federal. Ele e outros 4 conselheiros, também afastados dos cargos, são acusados, na delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), de terem recebido propina além de fazer ‘vistas grossas’ ao andamento das obras da Copa do Mundo.

Antônio Joaquim nega qualquer participação em ação ilícita e afirma que nos autos do inquérito não há nada que o incrimine.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Mustela 19/10/2017

Impedido de candidatar vc não está, duro é conseguir ser eleito e de ante mão já lhe digo que voto meu não ganha.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1