facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

19 de Outubro de 2017, 12h:59 - A | A

PAPO RETO / JORNAL HOJE

MT passa vergonha nacional por esquema de grampos e prisão de ex-secretários

DA REDAÇÃO



Mato Grosso ganhou destaque nacional mais uma vez nesta quinta-feira (19), após reportagem veiculada no Jornal Hoje, da Rede Globo, mostrar o esquema de grampos ocorrido no Estado.

As confissões do cabo da Polícia Militar Gerson Luiz Ferreira Correa, que culpou o ex-chefe da Casa Civil Paulo Taques de ter montado um plano juntamente com outros secretários de Estado para conseguir a suspeição do desembargador Orlando Perri da relatoria do processo que apura o esquema, foram o destaque do jornal.

Paulo Taques está preso no Centro de Custódia da Capital (CCC) desde ao dia 27 de setembro por suposto crime de obstrução à Justiça no caso do esquema de interceptações clandestinas no Estado. 

A reportagem mostrou ainda, para todo o Brasil, como ocorreu a instalação de uma câmera na farda do tenente-coronel José Henrique Soares, para gravar o desembargador Orlando Perri. A ordem teria partido do ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco.

A ideia do grupo criminoso era tentar obter declarações do magistrado e tirá-las do contexto com o propósito de alegar a sua suspeição em relação às investigações.

 

Foram presos pelo crime de obstrução a Justiça os coronéis Evandro Lesco e Airton Benedito Siqueira Junior, o major Michel Ferronato, o ex-secretário de Segurança, Rogers Elizandro Jarbas, o ex-secretário da Casa Civil, Paulo César Zammar Taques, a esposa de Lesco, Helen Christie Lesco, e o empresário José Marilson da Silva.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia