Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

27 de Novembro de 2014, 15h:02 - A | A

PAPO RETO / DESVIARAM R$ 16 MILHÕES

MPE entra com ação contra envolvidos no esquema da Conta Única

DA REDAÇÃO



O Ministério Público do Estado de Mato Grosso ingressou com ação civil pública requerendo o ressarcimento ao erário e a condenação por ato de improbidade administrativa dos 15 acusados de envolvimento em fraudes cometidas na Conta Única do Tesouro do Estado.

Foram acionados: Magda Mara Curvo Muniz, Albina Maria Auxiliadora Gomes, Edson Rodrigo Ferreira Gomes, Silvan Curvo, Renato Alexandre Ferreira Gomes, Rosália Catarina da Silva Gattas, Vicente Ferreira Gomes, Thais Gonçalves Mariano, Edilza Maria de Freitas Curvo, Antônio Ricardino Martins Cunha, Glaucyo Fabian de Oliveira Nascimento Ota, Paulo Alexandre França, Edmilson José dos Santos, Avaneth Almeida das Neves e Mauro Nakamura Filho. O grupo inclui servidores públicos (efetivos e comissionados), terceirizados e agentes não pertencentes aos quadros da administração pública.

O mesmo grupo também já foi denunciado pelo Ministério Público, no âmbito criminal, pelos mesmos fatos em agosto deste ano e responde a ação penal. Segundo o MPE, entre 2005 a 2011, os acusados desviaram dos cofres públicos estaduais a importância de R$ 16,4 milhões. A fraude era realizada por intermédio de autorizações criminosas de depósitos, via sistema de pagamento denominado “BB Pag”, aplicativo disponibilizado pelo Banco do Brasil para pagamentos de fornecedores, salários e outros. Foram constatadas inserções de 1.800 pagamentos indevidos no referido sistema a 41 beneficiários.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia