facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

12 de Junho de 2024, 17h:15 - A | A

PAPO RETO / "NÃO INTERESSA"

Ministro foge de pergunta e dá patada na imprensa

DO REPÓRTER MT



Questionado sobre a quantidade de empresas que venceram o leilão de arroz do governo federal e que apresentavam "fragilidades", o ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, teve a petulância de dizer à imprensa que essa informação "não interessa". Oras, um escândalo na compra de arroz no valor de R$ 1,3 bilhão. Tudo interessa neste assunto!

Paulo Teixeira logo emendou dizendo que havia na disputa empresas sérias também e que elas entendem a decisão de anular o leilão para quando a nova tentativa de compra for realizada. A importação foi anulada após denúncias de irregularidades com as empresas vencedoras. Das 4 empresas que arremataram o certame, 3 não são do ramo de importação.

“Isso não interessa. O que interessa é o seguinte: há uma avaliação do governo, que no conjunto das empresas, uma maioria tem fragilidades, sendo que tem empresas que são consistentes e que estão lá dentro e que, inclusive, entendem que essa anulação é necessária e que participarão desse leilão quando acontecer novamente”, disse o ministro.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia