Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

29 de Novembro de 2013, 11h:54 - A | A

PAPO RETO / OBRADA

Gaecco faz buscas na casa de primo de João Emanuel, mas rapaz mudou-se há 6 meses

DA REDAÇÃO



O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (GAECCO) fez busca e apreensão no local (uma kitinet) onde seria a residência de Amarildo dos Santos, primo do presidente afastado da Câmara de Cuiabá, vereador João Emanuel (PDS). O rapaz não foi encontrado, já que não moraria mais no referido endereço apontado pela Polícia.

Amarildo é acusado de participar de susposto esquema de fraudes com escrituras de terrenos, que seria capitaneado pelo vereador. Os policiais relataram que Amarildo morou no local durante dois anos e, há cerca de seis meses, deixou o residencial. A Polícia tenta, agora, descobrir o endereço real de Amarildo. Agora cabe uma pergunta: onde está a inteligência da Polícia?

Se o dito cujo é suspeito de algo, é crível que estivesse sendo monitorado. Se não estava é uma tremenda obrada dos homens da Lei e são essas mesmas obradas que, muitas vezes, colocam em xeque as operações, que sempre são vistas como pirotécnicas.


Veja o Mandado de Busca

RepórterMT

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia