Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

15 de Dezembro de 2017, 07h:58 - A | A

PAPO RETO / LEILÃO NACIONAL

Fazendas de massa falida da Boi Gordo são arrematadas por R$ 67 milhões em MT

DA REDAÇÃO



Doze fazendas que pertenceram à empresa Boi Gordo, que faliu após a criação de um sistema de investimentos em animais, foram à leilão nesta quinta-feira (14), com um deságio de 90%. Avaliadas inicialmente em R$ 177 milhões, as propriedades que somam 53 mil hectares, foram arrematadas por R$ 67 milhões pelo consórcio Zuquetti & Marzola Participações e Representações Ltda, um deságio de 62% e, relação à avaliação inicial das propriedades.

As fazendas ficam na região de Comodoro, no oeste de Mato Grosso. Entre as áreas, estão terras com pastagens e cultivos de soja e milho que serão pagas com a renda das propriedades, em cinco parcelas semestrais. O leilão teve formato híbrido - presencial e on-line. 

A Fazendas Reunidas Boi Gordo faliu em 2004, oito anos depois de ter iniciado um processo de abertura de investimentos em gado com a promessa de, em 18 meses, dar um lucro de 42% a quem fosse detentor dos bois gordos. Mais de 30 mil investidores descobriram, depois, que eram donos de "bois de papel", ou seja, o gado existia apenas nos contratos. O modelo foi comparado ao de uma "pirâmide financeira". O valor do rombo chegou a R$ 4,2 bilhões. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia