facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

15 de Outubro de 2017, 11h:46 - A | A

PAPO RETO / PRESO NO CCC

Assembleia vai solicitar processo de Fabris no TRF para votar soltura de deputado

DA REDAÇÃO



A Assembleia Legislativa vai solicitar, na próxima semana, ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), o processo que resultou na prisão preventiva do deputado afastado Gilmar Fabris (PSD), acusado de obstrução à Justiça.

A decisão da Assembleia, segundo o presidente Eduardo Botelho, está baseada  no recente entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza o Poder Legislativo a usar a prerrogativa de manter ou afastar medidas impostas pelo Judiciário contra seus membros.

A decisão dos ministros, em autorizar que o Senado decida se o senador Aécio Neves (PSDB) permanece ou não no cargo, será o principal argumento dos deputados mato-grossenses para votar a ordem de prisão de Fabris.

No caso de Fabris, os parlamentares terão que decidir se derrubam ou não a decisão do ministro Luiz Fux, do STF, que determinou a prisão e o afastamento do parlamentar, no último dia 15 de setembro, depois de ele ser flagrado deixando seu apartamento de pijama com uma maleta por volta das 5h30, minutos antes da Polícia Federal realizar mandado de busca e apreensão no local.

Fabris está preso no Centro de Custódia da Capital (CCC).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia