Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

04 de Dezembro de 2016, 14h:00 - A | A

PAPO RETO / PROJETO "LAS VEGAS"

Aprovada por Maggi, jogatina será votada pelo Senado

DA REDAÇÃO



Na próxima quarta-feira (7), o Senado deve votar um projeto de "alta relevância" para o país, nesse momento de crise e tragédias: a proposta que legaliza jogos de azar no Brasil. Proibidos no Brasil desde 2004, por meio de uma Medida Provisória, os jogos de azar voltam à tona em vários projetos que tramitam no Senado em defesa da legalização de bingos, caça-níqueis e cassinos no País. Antes, na terça-feira (6), os nobres senadores votarão o projeto que trata da contenção de abusos de autoridade (também conhecido como "Amansa-Lava Jato".

O projeto dos cassinos, de autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI), recebeu parecer favorável do relator do projeto, Blairo Maggi (hoje ministro da Agricultura). Na época, BM disse ser "desejável" a legalização dos jogos de azar no Brasil. O texto original estabelece que sejam credenciadas, no máximo, 10 casas de bingo por município e prevê que os cassinos funcionem junto a complexos integrados de lazer, construídos especificamente para esse fim, com hotéis e restaurantes

O texto do projeto recebeu sugestões de Maggi, como regras para a construção de cassinos e limites para instalação de máquinas caça-níqueis nos estabelecimentos. O senador mato-grossense destacou que não se prevê qualquer restrição a que políticos sejam donos de estabelecimentos para explorar jogos. "Será que o político é um bicho tão esquisito que não pode exercer algumas atividades econômicas?", disse Maggi, em recente entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo".

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Altair Gualberto 04/12/2016

Concordo com aprovação desse projeto de legalização dos jogos de azar no Brasil desde que não favoreça apenas os que possuem condições financeiras

1 comentários

1 de 1