facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
18 de Julho de 2024

30 de Outubro de 2017, 08h:58 - A | A

PAPO RETO / "FORÇA" NA PERUCA

Ameaçada na cadeia, mulher de Lesco pede cela especial por causa de 'mega hair'

DA REDAÇÃO



A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (Sejudh) informou, por meio de nota, nesta segunda-feira (30), que está construindo cela de Estado Maior na Penitenciária Ana Maria do Couto May para abrigar presidiárias que possuem ensino superior. 

A resposta da pasta está relacionada a uma decisão assinada pela juíza Renata do Carmo Evaristo, substituta da Segunda Vara Criminal de Cuiabá, que solicitou informação sobre as obras da cela, na última quinta-feira (26), a pedido da defesa da mulher do ex-secretário-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, Helen Cristy Lesco - presa preventivamente por suposta obstrução à Justiça no esquema de grampos ilegais e Mato Grosso. 

A personal pede sua transferência para o Setor de Operação Especiais (SOE) da Polícia Militar sob argumento de que está recebendo ameaças na prisão por causa de seu “mega hair”. Pelas regras da penitenciária, ela teria que retirar o aplique, mas ganhou o privilégio de continuar usando o cabelo, o que tem gerado revolta nas presas.

Confira nota da Sejudh na íntegra: 

“A Sejudh está  construindo cela especial para abrigar presas com ensino superior na unidade feminina da capital. A Secretaria aproveitou que já estava em andamento outra obra no presídio, a do espaço materno-infantil e deu sequência à construção da cela, que terá espaço para custodiar seis mulheres, área de convivência, banheiro e banho de sol. A construção é necessária pois não há cela destinada à presa com ensino superior, como já existe um espaço para homens, no caso o CCC (Centro de Custódia da Capital)”.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia