facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

13 de Junho de 2024, 11h:57 - A | A

PAPO RETO / CÂMARA DE CUIABÁ

Adjunto de Obras assume vaga de vereador alvo da PF

DO REPÓRTERMT



O suplente Raufrides Macedo (MDB) tomou posse nesta quinta-feira (13), após pedido de afastamento por 31 dias do vereador Paulo Henrique (MDB), que foi alvo de operação da Polícia Federal por supostamente estar envolvido com esquema de lavagem de dinheiro para o Comando Vermelho por meio de casas noturnas em Cuiabá.

Raufrides é servidor da Secretaria Municipal de Ordem Pública e atuava como secretário-interino, em decorrência do afastamento do titular, o vice-prefeito José Roberto Stopa (PV), que pretendia disputar a Prefeitura de Cuiabá pela federação dos partidos de esquerda, mas acabou preterido pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT).

Paulo Henrique, que foi acusado de usar o cargo para conseguir licenças da Prefeitura para eventos promovidos pela facção, pediu afastamento na sessão de terça-feira (11). Além disso, ele é suspeito de usar o Sindicato dos Agentes de Fiscalização e Regulação da Prefeitura de Cuiabá, do qual ele é um dos dirigentes, para receber propina. Ele negou as acusações.

Vou me afastar e vou me defender. Vou estabelecer a verdade e esclarecer alguns fatos espalhafatosos, mentiras colocadas sobre mim e minha família”, disse Paulo Henrique à época. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia