facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

09 de Novembro de 2017, 18h:28 - A | A

GERAL / DETRAN

Servidores voltam ao 'trabalho' nesta sexta após 2 meses de greve

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) confirmaram voltar aos trabalhos nesta sexta-feira (10).

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



O governador em exercício Carlos Fávaro (PSD) firmou acordo com os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que encerraram nesta quinta-feira (9) a greve iniciada há quase 60 dias. Com a negociação, Fávaro assumiu o compromisso de conceder reajustes salariais no ano de 2019 à categoria.

Os servidores confirmaram voltar aos trabalhos nesta sexta-feira (10). Durante o período de greve, que teve início em 11 de setembro, cerca de 10 mil atendimentos diários foram prejudicados pela falta de servidores nas 71 unidades do Detran.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Em entrevista coletiva, a presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran), Daiane Renner, disse que com o fim da greve, o Governo também deve retomar as negociações com a categoria.

Os servidores reivindicam aumentos salariais, com o argumento de que os vencimentos estão defasados há seis anos.

“Apresentamos ao Governo uma tabela que busca acompanhar as praticadas nas outras carreiras. Os servidores de nível superior do Detran recebem um salário menor que o nível fundamental de outras categorias”, comentou ela.

Fávaro reconheceu a defasagem nos salários e a necessidade de retomar as negociações com a categoria de servidores, porém complementou que o Estado está acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal com a folha de pagamento e não pode conceder reajustes.

“A maioria dos servidores entendeu o momento difícil que estamos passando em termos financeiros e nos deu um voto de confiança para abrirmos novamente o diálogo com todos. O atrelamento do reajuste à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos dá uma tranquilidade a eles”, explicou o governador em exercício.

Conforme a assessoria de imprensa de Fávaro, os servidores do Detran foram incluídos como prioridade na concessão de reajustes salariais, junto com profissionais da Saúde e da Segurança Pública, no texto da PEC, após o regime de recuperação fiscal do Estado.

Comente esta notícia