facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 21 de Junho de 2024
21 de Junho de 2024

28 de Novembro de 2022, 10h:56 - A | A

GERAL / PAULO TEM ALZHEIMER

Perdido há 9 dias, idoso foi visto em vários bairros de Cuiabá, mas ninguém ajudou

Família busca por informações sobre o paradeiro de Paulo Magalhães, de 83 anos.

APARECIDO CARMO
DO REPÓRTER MT



Nove dias depois, a família de Paulo Magalhães, de 83 anos, continua sem saber o paradeiro do idoso, que desapareceu depois de pular o muro de casa, no bairro Parque Cuiabá. Ele foi diagnosticado com Alzheimer há cerca de quatro meses e foi visto pela família a última vez no dia 20 de novembro.

Em conversa com o RepórterMT, a filha de Paulo, Rosalynn, contou que tem recebido muitas informações desencontradas. De certo, a família sabe que ele foi visto nos bairros Jardim Imperial e Alice Novack e, em seguida, foi visto em um ônibus da linha 711 (Pedra 90 – Centro).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Uma pessoa contou que ele foi visto na última quarta-feira (23), num ônibus da linha 103 (Cidade Verde – Jardim Imperial), na região da UFMT, e que Paulo disse para pelo menos uma pessoa que estava perdido, mas ninguém tomou uma atitude concreta para ajudá-lo.

Segundo testemunhas, seu Paulo aborda pessoas nas ruas perguntando por “Paulo do Acrílico”, que é o apelido como ele é conhecido na região onde mora. Para a família, é uma evidência de como ele está confuso.

Ele usa camisa social polo listrada (a da imagem), calça bege e sapato social preto, a essa altura já com marcas de sujeira. Além disso, ele apresenta ferimentos no rosto.

“A família já entrou em desespero. O dinheiro já deve ter acabado, está dormindo na rua, não sei se está comendo (...). A minha mãe está desesperada, a gente pede para ela ficar em casa para o caso de aparecer alguma informação”, conta Rosalynn.

A família pede para que, quem encontrá-lo, acione a polícia para que o idoso não fique sozinho. A Polícia Militar poderá encaminhá-lo para uma delegacia e entrar em contato com a família.

Em caso de informações, entre em contato com os familiares pelos números: (65) 99608-2710 ou (65) 99222-2160. Ou ainda, pelo Núcleo de Desaparecidos da Polícia Civil, através dos telefones (65) 3901-4823 ou (65) 99982-7766.

LEIA MAIS - Idoso com Alzheimer pula muro de casa e desaparece em Cuiabá

Comente esta notícia