Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

22 de Setembro de 2022, 17h:55 - A | A

GERAL / MORTE EM CEMITÉRIO

Justiça condena homem que matou irmão de PM por crise de ciúmes

O crime ocorreu em fevereiro do ano passado, em Porto dos Gaúchos.

DO REPÓRTER MT



A Justiça de Mato Grosso condenou Luan Daltro Gomes de Souza a 16 anos de prisão pelo assassinato do jovem Mateus Riato, de 18 anos, em Porto dos Gauchos. O jovem foi morto com um tiro no pescoço em 2021. O julgamento foi conduzido pela juíza Raisa Tavares Pessoa Nicolau.

O crime ocorreu na madrugada do dia 20 de fevereiro de 2021. Em depoimento, Luan revelou ser membro de uma facção criminosa e a motivação do crime era o fato de Mateus ter tido um relacionamento com sua ex-namorada.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Na época, os dois se encontraram na frente do local do crime, ocasião em que discutiram. Em determinado momento, o acusado agrediu Mateus e o levou para dentro do cemitério, onde foi morto.

O corpo foi encontrado pouco tempo depois pela Polícia Civil. Luan foi preso pelo crime no dia 21 de fevereiro do ano passado.

Com a condenação, ela ainda cumprirá 14 anos e 05 meses de reclusão em regime inicialmente fechado.

Comente esta notícia