Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

12 de Novembro de 2016, 07h:40 - A | A

GERAL / "SOBRAS DA COPA"

Estado vai retomar obras do Aeroporto Marechal Rondon; custo é de R$ 85 milhões

A obra que devia ter sido entregue em 2014, compreende a reforma e ampliação do terminal de passageiros e das vias de serviço, a instalação de pontes de embarque e a sinalização horizontal do pátio de aeronaves.

DA REDAÇÃO



Após suspender a execução do contrato com o Consorcio Marechal Rondon, no início de novembro, o governo de Mato Grosso anunciou que irá retomar as obras do Aeroporto Internacional Marechal Rondon. O secretário adjunto de Turismo, Luis Carlos Nigro, esteve reunido nesta quinta-feira (10.11) com a diretoria da Infraero, em Brasília (DF), e conseguiu a sinalização positiva para a prorrogação do contrato e a continuidade da obra. 

“É importante a prorrogação do contrato porque falta pouco para terminarmos esta obra. A Infraero irá retirar a suspensão do contrato e prorrogá-lo. Estamos confiantes de que entregaremos a finalização desta obra”, disse Nigro.

O secretário argumentou que a empreiteira responsável está com todo material para finalização do serviço já adquirido, e que a retomada se dará de forma célere. “É importante a prorrogação do contrato porque falta pouco para terminarmos esta obra. A Infraero irá retirar a suspensão do contrato e prorrogá-lo. Estamos confiantes de que entregaremos a finalização desta obra”, disse ele. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Nigro também esteve reunido com superintendente de Serviços de Engenharia, Adelcio Guimarães e com o Diretor de Gestão Operacional e Navegação Aérea, João Márcio Jordão, ambos da Infraero. O Governo irá enviar até sexta-feira (11.11) o pedido formal de prorrogação do contrato. 

A obra 

A ampliação do aeroporto de Várzea Grande faz parte do pacote de obras que deveriam ter ficado prontas para a Copa do Mundo de 2014, mas que até hoje não foram acabadas.

De acordo com o documento, as obras no aeroporto já estão em sua fase final, mas ocorrem com lentidão, motivo que levou à suspensão do contrato, através da Secretaria de Cidades (Secid). 

Orçada em R$ 85,8 milhões, a obra no aeroporto compreende a reforma e ampliação do terminal de passageiros e das vias de serviço, a instalação de pontes de embarque, a sinalização horizontal do pátio de aeronaves, além de reforma, adequação e ampliação do sistema rodoviário interno do aeroporto.

Também fazem parte do projeto a ampliação da central de utilidades, a construção de nova área de equipamentos de rampa, ampliação dos sistemas de infraestrutura básica e ainda a construção do estacionamento do novo prédio administrativo da Infraero.

Até o momento, o Consórcio Marechal Rondon, composto pela Engeglobal, Faról Empreendimentos e Multimetal Engenharia, já concluiu cerca de 75,3% do trabalho. Iniciada em dezembro de 2012, a obra ficou paralisada por 10 meses pela gestão passada. Foi retomada em outubro de 2015 pelo governador Pedro Taques, e até o momento já foram pagos R$ 64,9 milhões pelos serviços realizados.

Comente esta notícia