facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

21 de Setembro de 2017, 18h:26 - A | A

GERAL / JARDIM DAS AMÉRICAS

Bombeiros autorizam retorno de moradores a apartamento que pegou fogo

Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas começaram após uma vela que estava em um dos quartos do apartamento do 14º andar do edifício América Central cair e provocar o incêndio.

DA REDAÇÃO



O incêndio que atingiu o 14º andar do prédio residencial América Central, localizado na Rua Buenos Aires, no bairro Jardim das Américas, região nobre de Cuiabá, na quarta-feira (20), não afetou a estrutura da unidade, conforme o Corpo de Bombeiros. Dessa forma, os moradores poderão retornar aos apartamentos nos próximos dias.

O fogo atingiu dois quartos, no entanto, não houve prejuízo aos apartamentos vizinhos. Ninguém ficou ferido no incidente.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local para realizar análise no apartamento e o laudo sobre as causas do incêndio deverá ficar pronto em até 30 dias.

Unidades do Corpo de Bombeiros que foram até o local conseguiram controlar as chamas que, segundo os militares, começaram após uma vela que estava em um dos quartos cair e provocar o incêndio.

“A moradora deixou algumas velas acesas e foi receber uma visita, sendo que quando percebeu o fogo já tinha iniciado. Ela tentou combater as chamas com alguns baldes de água, mas não conseguiu”, explicou a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros.

Assustados, segundo moradores do próprio prédio, várias pessoas deixaram seus apartamentos correndo ao perceberem que as chamas estavam se alastrando muito rápido, mas, mesmo assim, quando os militares chegaram no local ainda havia muita gente tentando deixar o interior do edifício.

Em um vídeo gravado por populares é possível ver as chamas dentro do apartamento.

Leia mais

Incêndio atinge prédio residencial com mais de 14 andares em Cuiabá

 

Comente esta notícia