facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024

10 de Novembro de 2022, 19h:00 - A | A

ENTREVISTA / EMPREENDORISMO FEMININO

Mentora mostra "caminho das pedras": transformar conhecimento em produto é garantia de sucesso

Brasil é o 7º país do mundo com mais mulheres empreenderas.

LEANDRO MAIA
DO REPÓRTER MT



O empreendedorismo feminino coloca o Brasil em uma posição de destaque no cenário global. O país é o 7º com o maior número de mulheres empreendedoras. Para encorajá-las, Kátia Arruda atua como mentora de negócios, palestrante e realiza eventos com o objetivo de estimular o segmento.

De acordo com Kátia, a mentalidade do brasileiro, em geral, enxerga o empreendedorismo como algo que surge apenas como uma renda extra para suprir uma emergência existencial. Ainda é preciso moldar o pensamento para assimilar que "empreender é a base para construir soluções e melhorar o dia a dia das pessoas".

Uma das chaves do empreendedorismo é o aprendizado constante para acompanhar as mudanças. Entre os negócios criados por mulheres, os que mais se destacam são nos segmentos de moda, alimentação e beleza. A pergunta de milhões, que todo mundo quer saber a resposta: como saber onde e como investir para empreender?

"Ter um mentor ajudaria nesse processo. Um mentor iria ajudar a descobrir o que ela mais gosta de fazer. O que atrai mais ela? O que ela tem mais habilidade em fazer? Quais são os pontos fortes? E não ir pela onda do que está na moda que as pessoas estão fazendo. O que dá certa para o outro, pode não dar certo para você", afirmou. 

O autoconhecimento é a chave do processo e, nesse caso, a mentora recomenda a prática de terapia para ajudar nesse processo de descoberta. 

Veja a entrevista: 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

nico 10/11/2022

Conversa fiada, conversa pra boi durmir

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1