Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

21 de Novembro de 2016, 10h:33 - A | A

VARIEDADES / PLANETA BIZARRO

'Vampira da vida real' bebe sangue do namorado e evita luz do sol

Zamael, o namorado, costuma fazer cortes no corpo para que Georgina se abasteça.

PAGE NOT FOUND



Aos 12 anos, Georgina Condon manifestou pela primeira vez a necessidade de beber sangue. Nos 20 anos seguintes, a australiana se assumiu como "vampira da vida real", evitando a luz do sol como as famosas criaturas da literatura e do cinema.

Georgina sofre de talassemia, uma desordem hereditária que leva à malformação da hemoglobina e que comumente produz anemia.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Em vez de regulares transfusões de sangue, Georgina prefere ir direto à fonte: bebe sangue do namorado. Segundo ela, o "barato" de tomar sangue pode ser tão bom quanto sexo.

"Há uma razão para espetáculos com vampiros combinarem os dois. É uma forma de barato que não pode ser descrita", comentou ela, de 39 anos, ao "Daily Mail Australia".

Zamael, o namorado, costuma fazer cortes no corpo para que Georgina se abasteça.

VAMPIRA

Comente esta notícia