facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 27 de Maio de 2024
27 de Maio de 2024

09 de Setembro de 2010, 11h:14 - A | A

VARIEDADES /

Taxa de juros à pessoa física cai ao menor nível desde 1995



Terra

A taxa média de juros para pessoa física caiu em agosto e atingiu o menor nível desde 1995. A taxa foi reduzida em 0,10 ponto percentual de julho para agosto e passou para 6,75% ao mês (118,99% ao ano). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

A menor taxa para pessoa física em agosto ficou com o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) dos bancos, que caiu de 2,46% ao mês em julho para 2,37% mês passado. Em seguida, aparecem os empréstimos pessoais em bancos (4,73% ao mês), os juros cobrados pelo comércio (5,68% ao mês), o cheque especial (7,45% ao mês), empréstimos pessoais em financeiras (9,6% ao mês) e, o mais caro, o cartão de crédito (10,69% ao mês).

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

A título de comparação, a taxa Selic de agosto ficou em 0,88% ao mês e a inflação pelo IPC da Fipe foi de 0,17% em 30 dias.

Para pessoa jurídica, toda as linhas pesquisadas reduziram as taxas em agosto. A taxa média geral apresentou uma redução de 0,03 ponto percentual, para 3,82% ao mês (56,81% ao ano).

Segundo a Anefac, desde janeiro houve uma elevação da taxa de 2 pontos percentuais na taxa Selic. Neste período a taxa de juros média para pessoa física apresentou uma redução de 2,97 pontos percentuais. Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve uma elevação de 0,72 ponto percentual.

Comente esta notícia