Cuiabá, 02 de Dezembro de 2022
logo

18 de Dezembro de 2016, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / VIOLÊNCIA SEXUAL

44% dos homens consideram a mulher culpada pelo crime de estupro

Estudo feito pelo Instituto Patrícia Galvão mostra contradições na opinião dos brasileiros quanto à violência sexual

METRÓPOLES



reciso ensinar os homens a respeitar as mulheres. Esta é a opinião de 96% das 1.000 pessoas entrevistadas para elaboração do estudo “Violência Sexual – Percepções e comportamentos sobre violência sexual no Brasil”, feito pela Instituto Patrícia Galvão. 

Apesar de a grande porcentagem parecer positiva, quase metade dos entrevistados (43%) acredita que uma mulher que fica até altas horas em uma festa e usa roupas provocantes está pedindo para ser assediada.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Jacira Melo, diretora executiva do Instituto Patrícia Galvão, considera que a visão crítica da população é algo que surpreende positivamente e que a Segurança Pública Brasileira deixa a desejar, pois não está preparada para lidar com as vítimas. “Só o fato de perguntar sobre que roupa a mulher estava vestindo ou o horário em que ela estava na rua, é a prova de que o sistema ainda é preconceituoso e estereotipado”, relata.

Além disso, ser beijada à força é considerado um ato de violência sexual para 92% dos entrevistados. Confira abaixo o que é considerado violência sexual para os entrevistados:

pesquisa

 

Comente esta notícia