Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

17 de Dezembro de 2014, 12h:03 - A | A

POLÍTICA / VIADUTO DA UFMT

Silval rebate Mendes e diz que prefeito tem participação na 'cagada'

Mauro Mendes detonou Secopa e Consórcio VLT classificando obras como "uma cagada"

ANA ADÉLIA JÁCOMO
DA REDAÇÃO



O governador Silval Barbosa (PMDB) respondeu às críticas do prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSDB) nesta quarta-feira (17) quanto ao alagamento no viaduto da UFMT, ocorrido semana passada após forte chuva na Capital. As declarações foram feitas ao programa Chamada Geral, de Lino Rossi. Mendes classificou a obra como uma “cagada”. Leia AQUI.

Para Silval, o momento é de abrir os diálogos entre a prefeitura, o consórcio VLT Cuiabá e o Governo do Estado. Ele afirmou que, por morar em um apartamento de luxo há 100 metros do viaduto, sabe que os alagamentos ocorrem todos os anos, e que neste temporal só ficou agravada a situação por conta da falta de drenagem em um lado da pista.

“Abro os jornais e vejo a polêmica do Viaduto, eu moro ali desde quando comprei meu apartamento há 10 anos e todo ano alaga com a chuva forte. Essa chuva pesada que deu, só alagou um pouco mais porque a água vinha e batia no pé do viaduto. Não vou ficar brigando pela imprensa, temos que buscar soluções”, comentou o governador.

Silval rebateu as declarações de Mendes e apontou para a parcial responsabilidade do atual secretário de Obras da prefeitura Marcelo Oliveira, conhecido como Padeiro, que respondeu como adjunto de Infraestrutura da Secopa e teria colaborado com a elaboração e execução da obra.

“Vejo essa briga do secretário e do prefeito, que disse que a ‘cagada’ era da Secopa, mas eu nem discuto isso, só lamento essa discussão e acho que não adianta ficar brigando pela imprensa. Um tentando atribuir a responsabilidade ao outro, mas temos um problema de Estado e da prefeitura”, avaliou ele.

RpMT/leitor

viaduto alaga

Mauro Mendes chamou a execução da obra de 'cagada'

E agora, José?

O temporal deixou parte da Avenida Fernando Corrêa completamente alagada na última sexta-feira (12).

Mesmo tendo o Córrego do Barbado que passa em baixo do viaduto, nada foi suficiente para ajudar no escoamento das águas. Carros e pedestres ficaram “ilhados”. Veja fotos AQUI.

De acordo com o governador, a única maneira de solucionar o problema é realizando as obras de drenagem, que, segundo ele, não foram realizadas pelo consórcio concomitantemente com a obra. “Sabe onde está a correção disso? Dentro do projeto do VLT, com a drenagem da avenida, não só ali, mas em todos os pontos da Fernando Corrêa e Avenida do CPA. O erro foi que a empresa deveria ter feito, em paralelo, a construção do viaduto”, afirmou.

O governador se eximiu da culpa diante do problema, e disse que chegou a brigar com os membros do consórcio responsável para que a drenagem fosse feita antes da construção do viaduto, mas teria sido alertado que haveria um planejamento a se seguir.

Silval salientou que Padeiro participou de todos os diálogos com a empresa e estaria consciente da situação.

Ele também deixou claro que se sente incomodado com as críticas e as brincadeiras que surgiram nas redes sociais, como Facebook e Whatsapp, após o alagamento.

“A prefeitura tem um profissional qualificado, que é o Marcelo Padeiro. Ele era nosso secretário na Secopa e acompanhou a elaboração de todo esse projeto. O Marcelo, junto com o consorcio VLT, já fizeram a correção no papel, mas eu alertei sobre a drenagem que tinha que ser feita, mas eles disseram que havia um planejamento, por etapas. Eu briguei com o consórcio, tivemos uma briga... e não adianta bater boca pela imprensa. É um problema do Governo, prefeitura e empresa”.

“O cara coloca no ‘zap zap’ [Whastsapp], xinga o prefeito, xinga o mundo e descarrega nas redes sociais. Isso é natural, mas eu não trago pra mim como crítica. O problema não vai se resolver assim. Temos é que chamar a empresa. O Marcelo sabe disso, e tenho certeza que estão tratando disso também”, completou o governador.

Comente esta notícia

Liisa 20/12/2014

Esse padeiro é tão incmpetente que até na padaria dele tem Um esgoto que Fede a mais de 10 anos, e até hj ele não deu conta de mandar arrumar, isso Pq ele já foi secretário varias vzs e de vários prefeitos, se ta assim em Sua casa, imagina com a dos outros..,

COSTA 19/12/2014

ESSE GOVERNADOR E UM VERDADEIRO BOBO DA CORTE

OLIVEIRA CUIABANO 18/12/2014

OLHA COM TANTA GAGADA QUE TEVE NÃO ADIANTA FICAR MESMO BRIGANDO PORQUE TODAS AS OBRAS TINHA TANTA GENTE FISCALIZANDO QUE NÃO VIRAM NADA, VAMOS ALEMBRAR UM POUCO. TCE FISCALIZOU, CREA FISCALIZOU, MP FISCALIZOU, AL FISCALIZOU, SECOPA FISCALIZOU, PREFEITURA TINHA E TEM OBRIGAÇÃO DE FISCALIZOU, SE NÃO FEZ FOI IMCOMPETÊNCIA DELA, FORA A EMPRESA CONTRATADA PARA FISCALIZAR QUE FOI A EXIMIA E AINDA OS ENGENHEIROS DA CONSTRUTORA DO VLT, O PROBLEMA E QUE EM CUIABÁ TODO MUNDO QUE SER O PAI, MAS QUANDO O FILHO E FEIO NINGUÉM QUE ASSUMIR A PATERNIDADE.

Ricardo Cesar Oliveira Filho 17/12/2014

Isso que dá colocar um arquiteto como engenheiro de Obras só cagada vai fazer pão pelo menos não tem perigo de alagamento pode se que precise de agua para apagar o incêndio na padaria.

eve 17/12/2014

ÊTA GOVERNINHO MEDÍOCRE. QUE NÃO ASSUME AS CA..... QUE FEZ E CONTINUA FAZENDO.

5 comentários

1 de 1