Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011, 17h:05 - A | A

PSB

Mauro Mendes corta relações com Valtenir

Mauro Mendes classificou a atitude do parlamentar como centralizadora

FERNANDA LEITE

O empresário e presidente do diretório municipal do PSB de Cuiabá, Mauro Mendes, disse que o presidente do diretório estadual, deputado federal Valtenir Pereira mentiu que ele cumpria outras agendas para justificar sua ausência no encontro estadual do partido realizado no sábado (28).

“Não fui convidado, não me avisaram. Lamentável ele [Valtenir] fazer um encontro da cúpula e não convidar o presidente do diretório municipal da Capital. Estive com ele dias antes da convenção, se ele quisesse que eu  fosse, teria me avisado antes”, desabafou  Mauro.

Mauro disse que não é o candidato de Valtenir e sim do partido. “Ser o candidato dele, eu não quero. Vou ser o candidato  do partido  e do povo”, contestou.

O  empresário disse que Valtenir tinha obrigação de conceder à vaga do PSB Mulher a única deputada estadual do partido, Luciane Bezerra. “Muito estranho  o que ele fez, ele deveria ter dado espaço a Luciane que é a nossa parlamentar  estadual, o  que ele fez é injustificável. Daqui pra frente, ele toca a vida dele que eu  tocarei a minha”, criticou o empresário.

Questionado sobre sua ida ao PSD, Mendes disse que esteve conversando com o líder do PSD/MT, presidente da Assembleia Legislativa, José Riva. “Não existe esta possibilidade. Estive com o  Riva assim como outros presidentes de outros partidos, isso é normal. Não sei  quem inventou  essa lógica”, disse o político.

Esta é a segunda vez que Valtenir e Mendes travam uma briga dentro do partido. Da primeira vez, aconteceu nas ultimas eleições para  executiva estadual, Valtenir era contra a candidatura de Mendes. Na época ele era a favor em apoiar a campanha de Silval Barbosa (PMDB), mas Mauro preferiu entrar na disputa o  que gerou  desconforto entre os dois socialistas.

Os dois evitaram falar qual o motivo da "briga" interna no partido. A deputada Luciene Bezerra que tem Mendes como líder do partido, também não foi convidada para o encontro e teceu várias críticas contra o presidente do diretório estadual.

Comente esta notícia