Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

17 de Dezembro de 2016, 11h:38 - A | A

POLÍTICA / LAVAGEM DE DINHEIRO

Juiz aceita denúncia e ex-presidente Lula e filho viram réus

Na decisão, magistrado afirma que a denúncia "é precisa em todos os contextos dos crimes atribuídos aos denunciados"

DO G1



O juiz Vallisney Souza Oliveira, da Justiça Federal do Distrito Federal, aceitou denúncia do Ministério Público e abriu ação penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o filho dele Luis Cláudio Lula da Silva e dois empresários pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa no âmbito das investigações da Operação Zelotes (veja detalhes sobre a denúncia mais abaixo).

O G1 procurou o Instituto Lula e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.

Quando a denúncia foi oferecida, os advogados de Lula acusaram o Ministério Público de fazer um "espetáculo midiático", negaram que Lula e o filho Luís Cláudio tivessem cometido irregularidades e disseram que o caso era "fruto de novo devaneio".

Na decisão, o juiz Vallisney Oliveira afirma que a denúncia "é precisa em todos os contextos dos crimes atribuídos aos denunciados (lavagem de capitais, tráfico de influência, organização criminosa e crime contra o sistema financeiro) e as suas circunstâncias".

"Essas considerações e outras específicas constantes da denúncia convencem-me até este instante de que se trata de denúncia plenamente apta, que não incorre em qualquer vício ou hipótese que leve à rejeição, até por descrever de modo claro e objetivo os fatos imputados aos denunciados, individualmente considerados ao tempo em que traz para cada afirmação informações lastreadas em prova documental ou testemunhal", escreveu o juiz.

Outras ações, inquéritos e denúncias

Com a decisão do juiz, Lula se tornou réu pela quarta vez. O ex-presidente já foi denunciado e virou réu em outros três processos:

Além disso, o ex-presidente é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF):

  • Investigação de suposta organização criminosa que apura se Lula, juntamente com outros integrantes do PT, participou de organização criminosa para fraudar a Petrobras.
  • Investigação por suposta obstrução à Justiça junto com a ex-presidente Dilma Rousseff, devido à suspeita de que sua nomeação para a Casa Civil foi uma tentativa de garantir foro privilegiado e tirar do juiz Sérgio Moro apurações da Lava Jato contra ele.

Na Justiça do Paraná, Lula é alvo de inquérito em:

O ex-presidente também foi denunciado à Justiça Federal no Paraná pelo Ministério Público Federal (a Justiça ainda não decidiu se aceitará a denúncia):

Comente esta notícia