facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

06 de Setembro de 2010, 12h:35 - A | A

POLÍTICA /

Ex-presidente FHC vem a MT reforçar campanha de Wilson

A Gazeta



Da Redação

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) estará em Cuiabá no dia 18 deste mês para reforçar a candidatura dos correligionários Antero Paes de Barros e Wilson Santos, candidatos ao Senado e ao governo do Estado, respectivamente.

Ao mesmo tempo em que participará de atos de campanha, FHC dará uma palestra no Hotel Fazenda Mato Grosso cuja arrecadação deverá ser remetida para financiamento da campanha dos candidatos do PSDB mato-grossense. O ex-presidente é considerado um dos principais nomes da sociologia mundial sendo autor de vários livros referentes aos temas política e democracia.

A vinda de um dos integrantes da cúpula nacional é considerada uma estratégia do PSDB para reverter o quadro político desfavorável que se formou nas últimas semanas, conforme resultado das pesquisas de intenção de voto.

Antes cotado para a disputa de um segundo turno, Wilson Santos já é ultrapassado pelo empresário Mauro Mendes (PSB) e vê o candidato à reeleição, governador Silval Barbosa (PMDB), aumentar a possibilidade de ser vitorioso no primeiro turno.

Por outro lado, o deputado federal Carlos Abicalil (PT) tem se aproximado de Antero na disputa pela segunda vaga ao Senado. A queda é acompanhada pelas dificuldades de José Serra (PSDB) em ultrapassar a petista Dilma Roussef, que já lidera com mais de 20 pontos percentuais a disputa pela presidência da República, o que tem levado tucanos a perder aliados nos Estados.

"FHC foi um ótimo presidente aos mato-grossenses com avanços notáveis no setor elétrico. Não mediu esforços para trazer o gasoduto da Bolívia, ajudou na construção da Usina de Manso e ainda trouxe a tão sonhada ferrovia. Tenho certeza que sua visita será muito benéfica", comentou Antero.

Na mesma linha dos tucanos, o grupo adversário liderado pelo governador Silval Barbosa (PMDB) e Blairo Maggi (PT) se articulam para trazer a Mato Grosso o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A estratégia é explorar a boa avaliação e popularidade do petista para conquistar votos dos eleitores.

Comente esta notícia