facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 26 de Maio de 2024
26 de Maio de 2024

21 de Novembro de 2010, 19h:52 - A | A

POLÍTICA /

Empreiteiro preso na Operação Atlântida consgue HC e sai da cadeia



MIRO FERRAZ
DA REDAÇÃO

O empreiteiro Anísio de Jesus, preso durante a Operação Atlântida, da Polícia Federal (PF), conseguiu habeas corpus e foi colocado em liberdade neste domingo 921). A liminar concedida pelo vice-presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, desembargador Cândido Ribeiro.

Junto com Anísio outras 25 pessoas foram presas neste fim de semana na regiçao do Araguaia, por fraudes em licitações. Dos presos, quatro eram servidores da Secretaria de Infraestrutura de MT (Sinfra). O de carreira foi afastado e os comissionados demitidos pelo governador Silval barbosa (PMDB). Os presos são acusadas de integrar esquema de fraudes em licitações e desvios de recursos federais no Vale do Araguaia. O rombo apurado é de R$ 38 milhões.

A soltura do empreiteiro foi conseguida pelo advogado Diego Mayolino Montecchi. Ele argumentou que o acusado solto não iria interferir nas investigações. A PF apreendeu documentos e computadores na casa dele.

O empreiteiro foi pego em um grampo da PF com o tambpem empreiteiro Luiz Antônio Jacomini, sobre a execução de uma obra subempreitada para ele (Anísio) em Novo São Joaquim.

O empreiteiro solto também é dono de um supermercado em Novo São Joaquim, e tem uma empreiteira na cidade.A Justiça determinou a suspensão imediata do decreto de prisão até o julgamento do mérito do HC e determinou a soltura.  Os outros 25 acusados continuam presos. 21 no Presídio Central de Cuiabá (Pascoal Ramos) e quatro mulheres estão no presídio feminino.

Comente esta notícia