Cuiabá, 06 de Dezembro de 2022
logo

13 de Dezembro de 2016, 14h:04 - A | A

POLÍTICA / STAFF DO ALENCASTRO

Emanuel anuncia secretários de Gestão, Governo e Fazenda como 'escolha pessoal'

Foram escolhidos empresário Rafael de Oliveira Cotrim Dias, Carlos Roberto da Costa e o economista Antônio Roberto Possas de Carvalho, para ocupar as Secretarias de Gestão, Governo e Secretaria de Fazenda, respectivamente.

FRANCISCO BORGES
DA REDAÇÃO



O prefeito eleito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), anunciou nesta terça-feira (13), os nomes do empresário Rafael de Oliveira Cotrim Dias, Carlos Roberto da Costa e o economista Antônio Roberto Possas de Carvalho, para ocupar as Secretarias de Gestão, Governo e Secretaria de Fazenda, respectivamente.

O anúncio foi feito logo após agenda do peemedebista, em Brasília, com o presidente da República, Michel Temer (PMDB).

Emanuel também já definiu o jornalista José Roberto amador como titular da Secretaria de Comunicação de Cuiabá. O anúncio foi feito no último dia 7. 

Todos os anunciados até agora têm o perfil que o peemedebista disse ter preferência, que são pessoas técnicas, mas ao mesmo tempo com cunho e bom trânsito político.  

Ao todo, 18 secretários devem compor o staff de Emanuel Pinheiro no comando do Pala´cio Alencastro em 2017.

Por meio de sua página no Facebook, Emanuel apresentou Rafael de Oliveira, escolhido para a pasta de Gestão, como "uma pessoa com sensibilidade pública, que mescla o perfil político e técnico". Ele é filiado ao PTB, que integra  abase de apoio do peemedebista. "Sua principal meta à frente da pasta será, junto com os servidores, modernizar a máquina administrativa e a gestão municipal", declarou.

Sobre Carlos Roberto da Costa, conhecido como "Nezinho", o prefeito eleito disse que se trata de "um amigo de longa data e companheiro de várias jornadas". O futuro secretário de Governo já foi secretário-adjunto de Estado de Fazenda e prefeito de Nossa Senhora do Livramento (MT) por três mandatos - 2001 a 2004, 2005 a 2008 e 2013 a 2016. "Sua função será a articulação política e institucional e a coordenação dos planos e programas transversais da administração", publicou o peemedebista.

O economista Antônio Roberto Possas de Carvalho, apresentado como "Beto", pelo peemedebista, já integra a equipe de transição. 

Ele é fiscal de tributos estaduais aposentado, foi secretário de finanças do município de Cuiabá (89 a 92) e diretor administrativo da Secretaria Municipal de Transportes em 2005, época em que Emanuel chefiou a pasta. "Sua principal meta será modernizar e agilizar a política tributária e financeira do município, em conjunto com os servidores, de modo a não sacrificar o contribuinte", destacou o prefeito eleito que fez questão de ressaltar que os nomes atendem a critérios definidos por ele.

"São escolhas que se enquadram no perfil que defini para a equipe, mesclando sensibilidade e visão política, experiência e conhecimento técnico e compromisso público.

 

Comente esta notícia

Mteus 13/12/2016

Se eu foce o novo prefeito de Cuiabá, eu ia fazer igual ao Pedro Taques, quando assumiu o governo de MT, ia cancelar todos os contratos e licitação feita nos últimos 180 dias da gestão do Mauro Mendes.Gente, o MM, teve quatro anos pra fazer licitação da iluminação publica e não fez, teve quatro anos pra resolve o problema da com a Cab e não fez, teve quatro anos, pra fazer licitação do transporte e não fez.A gora em trinta dia, fina, do mandato, resolve no apagar das luze, fazer licitação pra iluminação,e transporte e CabAmbiental e ainda quer implementar gente da sua administração pife, na do Emanuel. Vejo que el MM quer sair como salvador da pátria e ter discurso pra 2018 que resolveu todo os problema de Cuiabá.Abra o olho meu prefeitão Emanuel. Fiscalize bem estas obras que serão entregue na correria, as suas qualidades pra não ficar igual as da copa mal feitas e mala acabadas com desculpas de chuvas.

1 comentários

1 de 1