facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 24 de Maio de 2024
24 de Maio de 2024

23 de Setembro de 2010, 09h:21 - A | A

POLÍTICA /

Dorileo rabate Virgínia Mendes: "quem quiser conforto que fique em casa".



da redação

O empresário João Dorileo Leal, dono da emissora, disse que a reclamação de Virgínia Mendes, mulher de Mauro Mendes (PSB), candidato do governo, durante o debate da TV Record, não procede. "O Silval não foi recebido na minha sala, mas sim em uma sala de reunião, ao lado da minha. A sala que estava reservada ao Mauro acabou sendo ocupada, por engano, pelo Wilson Santos, que chegou antes na emissora", afirmou Dorileo.

"A reclamação da mulher de Mauro Mendes não tem razão de ser; acho que isso é um fato menor, afinal os candidatos estavam alí para debater. Não temos estrutura luxuosa para receber os candidatos e suas equipes. Se alguém quiser conforto para assistir aos debates, que fique em casa", disse Leal.

O jornalista ainda fez um comparativo sobre ter recebido Silval em sua antesala. "Se o governador for até a Bimetal ele será recebido na recepção ou na sala do presidente?", questionou.

Dorileo contou que, logo após o debate, ainda nas dependências da emissora, recebeu uma reclamação, em tom irônico, de Virgínia. "Ela falou assim: ‘Quero agradecer o senhor pela sala confortável. É muito parecida com o conforto da sala lá de casa'", relatou. "Quando ela falou isso, eu respondi dizendo que não tinha entendido o comentário. Daí ela disse que só queria agradecer. Eu só fui entender só depois que minha equipe disse que o Wilson tinha ficado na sala que estava reservada a ele", afirmou.

Comente esta notícia