facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 27 de Maio de 2024
27 de Maio de 2024

29 de Outubro de 2010, 11h:16 - A | A

POLÍTICA /

Desgastado, Savi recua e diz que não vai apresentar projeto de Conselho



Marcos Lemos/GAZETA

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Savi (PR), disse que não apresentará o projeto sobre a criação do Conselho Estadual de Comunicação Social. Pretende primeiro discutir a questão com a sociedade, com as empresas de comunicação para então definir se vai ou não apresentar a proposta. "Não apresentei o projeto de lei, apenas defini um esboço que por ser de interesse de toda sociedade foi tornado público, ou seja, não faço nada escondido", frisou o parlamentar que foi o quarto mais votado em Mato Grosso.

Savi apontou haver um certo exagero quanto a sua proposta, e ponderou que a intenção é facilitar as coisas para os profissionais da imprensa e para a sociedade que é a maior beneficiada de uma imprensa livre e democrática. "Em nenhum momento tive a intenção de cercear ou mesmo de censurar qualquer tipo ou meio de comunicação, pelo contrário, a idéia é evitar que houvesse possibilidades das pessoas tentarem algo nesse sentido", frisou o presidente da Assembleia Legislativa.

Mauro Savi pretende convidar o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso para uma reunião ampliada no sentido de discutir a questão e posterior a isto espera realizar audiências públicas em todo o Estado. "Sou um representante popular, então tenho que primeiro ouvir a sociedade, as empresas envolvidas e discutir o assunto, amadurecê-lo para então decidir se é isso que se deseja e o que se quer e envie a proposta a apreciação do Plenário do Poder Legislativo para os deputados, representantes populares definirem a questão.

Mauro Savi lembrou que se for de interesse da maioria de nem se discutir a questão vai dar a mesma como encerrada, pois a intenção foi apenas e tão somente a de criar mecanismos que facilitem a interrelação da imprensa como um todo para com a população e com outros setores nacionais.

O presidente da Assembleia Legislativa invocou ainda o testemunho de outros deputados estaduais quanto o seu relacionamento com a imprensa e a importância que a mesma tem para os representantes públicos do interior do Estado. "Muitas das lutas que conquistamos no interior de Mato Grosso foram graças a imprensa, mesmo quando não se tinha integração coube a imprensa fazer o papel de interligar todas as regiões deste imenso Estado", explicou Mauro Savi.

O deputado confirmou a discussão do anteprojeto de Lei da criação do Conselho Estadual de Comunicação Social e defendeu que a sociedade, ONGs, sindicatos, partidos políticos e representantes se reúnam, discutam o assunto e se optarem por não criar a entidade dará o caso como encerrado definitivamente para que não gere mais atropelos.

Comente esta notícia