Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

22 de Dezembro de 2013, 16h:01 - A | A

POLÍCIA / \'ENCOMENDA\'

Soldado do Exército é morto com três facadas em festa; suspeito é preso

Aos ser preso, suspeito disse que foi pago para matar o soldado. Já que ele estava tendo um relacionamento amoroso com namorada do mandante do crime.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O soldado do Exército Brasileiro, Adriano Moura de Carvalho, de 19 anos, foi morto a facadas em uma festa popular numa chácara, no bairro Parque Atalaia, na região do Coxipó, em Cuiabá. O homicídio ocorreu na madrugada deste domingo (22).

Conforme informações da Polícia Militar, Adriano teria se desentendido com o suspeito e iniciado um bate-boca. Durante a discussão, o homem pegou uma faca e desferiu três golpes no peito do soldado, que morreu antes que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegasse para socorrê-lo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Após o crime, o suspeito fugiu. Porém, por volta das 12h de hoje (22), policiais militares do 9º Batalhão conseguiram localizá-lo. O criminoso foi identificado apenas como Eduardo.

Ao RepórterMT, aspirante do 9º Batalhão, disse que Eduardo matou o soldado a mando de outro homem. “Ao ser preso ele explicou que o motivo do crime seria porque o soldado estava tendo um relacionamento amoroso com a mulher do mandante”, destacou.

Detido, Eduardo foi levado a Central de Flagrantes e vai ser autuado por homicídio doloso, quando há intenção de morte.

Ele deve ser encaminhado à Penitenciária Central do Estado (antigo Pascoal Ramos). A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o crime.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser feito o exame de necropsia. O jovem servia no 9º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) na capital.

Com esse homicídio, a capital já registrou neste mês 11 homicídios. Totalizando 196 execuções durante o ano.

MAIS MORTES

Na madrugada de sábado (21) o frentista Adilson da Silva for morto com várias machadadas e facadas na própria residência, localizada no bairro São Sebastião, região do Pedra 90, na capital.

Segundo informações da PM, por volta das 4h30, G. P. foi flagrado por vizinhos saindo da casa da vítima, Adilson da Silva, segurando um machado e uma faca suja de sangue. “Antes do homem sair da casa, os populares tinham ouvido gritos, ao chegaram na frente da residência da vítima, deram de frente com o suspeito saindo ainda com as armas do crime, sujas com o sangue do frentista”, explicou o policial.

De acordo com o policial, os vizinhos surraram o suspeito com socos e pontapés. Após as agressões, o suspeito foi amarrado até a chegada de uma guarnição da PM.

Muito ferido, porém consciente, o homem precisou ser encaminhado por uma ambulância do SAMU PSM de Cuiabá. “Ele estava exalando um cheiro forte de bebida alcoólica. O suspeito não relevou aos policiais o motivo do crime”, destacou.

Comente esta notícia