Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

14 de Novembro de 2016, 11h:30 - A | A

POLÍCIA / "REFÉNS DO MEDO"

Rendida por bandidos, mulher é amarrada e ameaçada em assalto violento

O fato aconteceu na noite deste domingo (13), em Rondonópolis. Os bandidos levaram vários pertences da casa da vítima. O marido se escondeu e acionou a Polícia, que depois encontrou e prendeu os criminosos.

DA REDAÇAO



Uma mulher de 36 anos, foi amarrada durante um violento assalto em sua casa, na noite deste domingo (13), no município de Rondonópolis (210 km de Cuiabá). De acordo com informações da Polícia Militar, ela foi rendida por pelo menos três criminosos que invadiram o local e fugiram levando o veículo, joias, celulares, aparelhos eletrônicos, entre outros.

Segundo o boletim de ocorrência, no momento que os bandidos entraram na casa, o marido da vítima estava no quintal. Ao perceber a presença de dois assaltantes armados, ele se escondeu e acionou a Polícia Militar. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Conforme informações da mulher, após entrarem na casa um dos criminosos a jogou na cama e disse que pertencia à facção criminosa, Comando Vermelho. Neste momento, um terceiro assaltante entrou na casa.

Após a abordagem, os bandidos amarraram a vítima e reviraram todo o local em busca de dinheiro. A todo momento, os bandidos ameaçavam a vítima caso ela olhasse para eles. 

Após recolherem os pertences, os assaltantes fugiram do local no carro da moradora, um Fiat Pálio. 

Diante da denúncia, os policiais iniciaram o um patrulhamento e fizeram um 'cerco' nas vias próximas o local do crime. Ao avistarem o Pálio em uma rua no bairro Monte Líbano, os policiais orderam que o bandido que conduzia o carro parasse, mas ele fugiu. 

Foi iniciada uma perseguição. O bandido que dirigia o Pálio  perdeu o controle da direção e acabou atravessando o canteiro da rua Fernando Corrêa da Costa, no bairro Morada do Parati. Todos os pertences que estavam no carro foram recuperados.

Após a colisão, os bandidos abandonaram o carro e fugiram. Os militares foram atrás dos criminosos e conseguiram capturar os três em uma região de mata. 

Ao saberem que se tratava de uma quadrilha, os policiais foram até a casa de um dos participantes do assalto, o menor C.G.S, 17 anos e encontraram, quatro munições de cartucheira, três munições de calibres 22, além de uma porção de entorpecente.

No local, oito pessoas foram presas acusadas de participação no crime. Sendo eles: Sérgio Nunes da Silva, 19, Cristiane Thorlone Severina Magalhães, 22, Alex Gonçalves Pereira, 19, Divino Filho de Sousa Medeiros, 18, Maurício Serverino Gomes, 18, e três menores infratores. 

Comente esta notícia