facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 26 de Maio de 2024
26 de Maio de 2024

14 de Agosto de 2010, 13h:13 - A | A

POLÍCIA /

Morte em Chapada; Homem mata ex com facada e tenta suicídio



BRUNO GARCIA
DA REDAÇÃO

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O braçal Claudino Henrique de Paula, 46, matou a mulher Elaine Puríssimo, 35, com uma facada no coração e, depois, tentou se matar, cortando o o próprio pescoço. O crime passional aconteceu na noite de quinta-feira (12) por volta das 22 horas, na cidade de Chapada dos Guimarães (65 km ao Norte de Cuiabá).

Claudino cortou o pescoço com a faca que matou a própria mulher; ele foi preso em flagrante e está internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá. Segundo as informações, o estado dele é delicado. Antes de ser encaminhado para Capital, ele recebeu atendimento médico em Chapada.

De acordo com o delegado João Bosco Ribeiro Barros, titular da delegacia de Chapada, após Claudino assassinar a esposa e antes de tentar o suicídio, ele ligou para uma irmã que mora em Chapada, comunicando que havia matado a mulher. Ela chegou na casa e encontrou o irmão agonizando e a cunhada morta.

O filho de 11 anos do casal estava na casa quando o crime aconteceu. Segundo a Polícia Civil, ele estava dormindo no momento do crime.

Segundo o delegado João Bosco, Claudino está no Pronto-Socorro sob custódia do sistema prisional do Estado.

Rotina de violência

Crimes de natureza passional são constantes em Chapada dos Guimarães. Em maio, conforme MidiaNews antecipou, um caso idêntico provocou comoção na cidade. Um homem matou a ex-mulher a facadas, na Praça Dom Wunibaldo, uma das áreas mais movimentadas da cidade.

Segundo a informações da Polícia Civil, Luiz Antonio dos Prazeres matou a costureira Célia dos Santos Martins, após uma discussão. Eles estavam separados há dois anos. O homem tem duas passagens pela polícia por agressão a ex-mulher. Eles foi preso, dias depois, em um matagal próximo à cidade.

Célia Santos Martins levou duas facadas, sendo uma na boca e outra no pescoço. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime, em frente à loja de sua propriedade, a Baraton Confecções.

Comente esta notícia

Andressa 21/04/2013

Esse caso comoveu chapada

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1