Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

10 de Dezembro de 2013, 10h:27 - A | A

POLÍCIA / NO PEDREGAL

Jovem é morto a tiros em frente de casa; suspeito é menor e está foragido

Vítima estava na frente de casa, quando menor se aproximou e atirou duas vezes. Após o crime ele fugiu por uma das ruas do bairro.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O jovem Adriano Alves Ferreira, de 25 anos, morreu com dois tiros nessa segunda-feira (09), por volta das 16h, na Rua da Felicidade, do bairro Pedregal, em Cuiabá. O autor dos disparos é o menor M.Y, de 17 anos, que está foragido.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava em frente de casa, quando o suspeito se aproximou, sacou uma arma, atirou duas vezes e fugiu a pé por uma das ruas do bairro.

Adriano foi atingido no peito e nas costas. Testemunhas levaram a vítima até o Pronto Socorro de Cuiabá, mas ele morreu durante o atendimento médico.

Durante rondas pela região a PM conseguiu localizar a arma usada no crime. O revólver estava escondido no telhado de uma casa. Um adolescente que estava na residência foi levado à delegacia.

Aos policiais, ele disse que estava apenas guardando a arma, a pedido de seu amigo, M.Y, mas não soube dizer onde o menor estava escondido.

Testemunhas disseram aos policiais que a vítima não se envolvia com o crime, mas devido às características do homicídio, um policial informou que se trata de um acerto de contas.

O delegado André Renato, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), vai investigar o crime.

MAIS MORTES

No dia última segunda-feira (08), a PM registrou dois homicídios no bairro Novo Terceiro, em Cuiabá. As duas vítimas eram do sexo masculino e tinham antecedentes criminais.

Mário Luís de Amorim, de 54 anos, por volta das 3h, foi morto com um tiro na nuca. Segundo a PM, a vítima estava de casa, quando o suspeito se aproximou em uma motocicleta, sacou uma arma e atirou.

Conforme um policial, a vítima tinha uma passagem na Polícia por estupro, cometido em 1994. Além de ser usuária de drogas.

Às 18h, um homem conhecido apenas como ‘Abóbrão’ levou um tiro na cabeça e morreu na hora. Ele teria iniciado uma discussão com o suspeito, conhecido como ‘Baby’.

Durante o bate-boca, ‘Baby’ sacou uma arma, efetuou o disparo e fugiu. A vítima tinha várias passagens na polícia por tráfico de drogas.

Com esses homicídios, Cuiabá já registrou neste mês seis mortes. Totalizando 191 pessoas executadas até o momento deste ano. A maioria dessas vítimas estava envolvida com a criminalidade.

Comente esta notícia