Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

09 de Dezembro de 2014, 15h:48 - A | A

POLÍCIA / PRESO POR 4 DIAS

Homem que fez vídeo abusando de enteada é solto após pagar fiança no valor de um salário mínimo

Justiça determinou que acusado fique um quilômetro de distancia da vítima e os familiares dela. Caso descumpra determinações pode voltar a ser preso.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Jhonatan Alves Gonçalves Teixeira, de 24 anos, acusado de abusar sexualmente da própria enteada, uma criança de seis anos, pagou uma fiança de um salário mínimo e foi posto em liberdade, quatro dias após ser preso. A decisão é do juiz da 14ª Vara Criminal de Cuiabá, Murilo Moura Mesquita.

Na decisão judicial, o magistrado concedeu a liberdade provisória, mas determinou que ele comparecesse a todas as sessões judiciais do processo criminal.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Além disso, Jhonatan está proibido de manter qualquer contado com a criança e os familiares dela, tendo que ficar no mínimo a um quilômetro de distância.

O suspeito ainda terá que informar o novo endereço no máximo até esta terça-feira (9). Caso descumpra as determinações do magistrado, o bandido será preso novamente.

A reportagem da prisão de Jhonatan Teixeira foi veiculada aqui no RepórterMT. Ele confessou à Polícia Civil que teria assistido um vídeo pornô. Com isso, não aguentou a ‘tentação’ e foi até o quarto da vítima para abusá-la. O crime foi filmado pelo próprio acusado em um celular, onde a esposa dele, mãe da garota, flagrou as imagens e o denunciou à Polícia Militar, no dia 30 de novembro. O crime aconteceu no bairro Bela vista, em Cuiabá,

O CRIME

Na tarde do dia 30 de novembro, a mulher de Jhonatan pegou o aparelho celular dela para mandar umas fotos da filha a avó, quando encontrou um arquivo de vídeo suspeito.

Ao abri-lo, as imagens mostravam uma mão levantando o vestido e afastando a calcinha de uma menina. 

A mulher reconheceu as roupas da filha e a mão do marido, por conta de uma tatuagem. Os abusos teriam ocorridos na noite de sábado (29), quando a criança já estaria dormindo. Revoltada, mulher acionou a PM que foi até o local e prendeu Jhonatan.

Comente esta notícia