Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

03 de Dezembro de 2014, 15h:30 - A | A

POLÍCIA / VÁRZEA GRANDE

Homem assalta loja da Vivo no centro e faz mulher refém na fuga

Com ele foram apreendidos 13 aparelhos celulares e uma pistola calibre 380.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Cleuson Rodrigues Nascimento, de 36 anos, foi preso após roubar loja de celulares da empresa Vivo, na Avenida Couto Magalhães, em Várzea Grande.

Em seguida, fugiu e fez uma secretária executiva, de 46 anos, refém, no entanto, foi preso na Avenida Filinto Muller, por policiais militares do Batalhão da Força Tática. O caso ocorreu no fim da manhã desta quarta-feira (3).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A PM informou que por volta das 11h30, o suspeito entrou na loja se passando por cliente e quando foi atendido por uma funcionária, anunciou o roubo. Armado com uma pistola calibre 380, ele ameaçou de morte os funcionários e clientes do estabelecimento, caso tentassem reagir.

Com isso, ele pegou 13 aparelhos celulares e fugiu a pé. No entanto, invadiu um Fiat Uno de uma secretária, que estava parado no semáforo.

A vítima contou no Boletim de Ocorrência (B.O), que após entrar no carro, o acusado apontou a arma para ela e a ameaçou de morte, pedindo que continuasse dirigindo. A ação criminosa foi flagrada por outros motoristas que acompanharam o carro e denunciaram o caso à PM.

Na Av. Filinto Muller, a PM fez o cerco ao suspeito, que se entregou. Com ele foram apreendidos todos os celulares roubados e a arma.

Cleuson foi encaminhado a Central de Flagrantes e autuado por roubo. Na delegacia, os policiais ainda descobriram que o bandido já tinha três passagens pelo crime de roubo e furto.

VIROU ROTINA

Lojas de vendas de celulares vêm sendo alvo de quadrilhas especializadas na Grande Cuiabá. Nas últimas duas semanas de novembro, duas empresas, uma autorizada da Claro e outra da Apple foram assaltadas. Os dois estabelecimentos ficam em shoppings da capital.

Em um dos casos, ocorrido no dia 21, na loja da Apple, no Shopping Goiabeiras, no bairro Duque de Caxias, quatro bandidos invadiram o local e roubaram R$ 13 mil em dinheiro e cerca de 40 aparelhos (tablete e celulares).

Os criminosos trancaram os funcionários e clientes no estoque e fugiram pela porta da frente do shopping, sem serem percebidos pelos seguranças.

Já no dia 6, a loja da Claro, do shopping Três Américas foi a escolhida pela quadrilha.

Testemunhas disseram aos policiais militares da companhia do bairro Boa Esperança, que poucos instantes após iniciar o expediente, os criminosos entraram na loja, se passando por clientes, e anunciaram o roubo.

Armados com revólveres, a quadrilha ameaçou de morte o gerente do estabelecimento, caso reagisse, e fugiu levando R$ 12 mil em dinheiro e vários aparelhos celulares.  

A ação criminosa teria durado menos de 40 minutos. Após o assalto a quadrilha teria fugido também pela porta da frente do shopping e embarcado em um veículo que não foi identificado.

Comente esta notícia