Cuiabá, 09 de Agosto de 2022
logo

26 de Dezembro de 2017, 07h:00 - A | A

PODERES / MUDANÇAS NO PAIAGUÁS

Taques anuncia quatro novos secretários e sai de férias

Os novos substitutos devem assumir as vagas em aberto nas Secretarias de Fazenda e Turismo, além do Detran e MTI.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O governador Pedro Taques (PSDB) deve anunciar até a sexta-feira (29), os nomes dos novos secretários de Fazenda e de Turismo, além dos presidentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI).

As mudanças são referentes às seis baixas no secretariado sofridas pelo Governo. Em menos de uma semana, Taques perdeu os secretários Gustavo Oliveira (Fazenda), Leandro Carvalho (Cultura), Luis Carlos Nigro (Turismo) e o vice-governador Carlos Fávaro – que comandava a Sema. Também deixam o staff, Paulo Borges (MTI), Arnon Osny Mendes (Detran).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

A informação extraoficial é que as saídas dos secretários foram durante reunião do secretariado, na última sexta-feira (22), por isso o governador pode anunciar ainda novas medidas, já que o encontro do staff ocorreu para fazer um balanço das ações e deninir metas para 2018, que é o último ano dessa gestão.

As substituições devem ser oficializadas nesta semana porque Taques sai de férias no dia 30, para tratar uma pneumonia e Carlos Fávaro assume o comando do Executivo até o dia 9 de janeiro.

Baixas

Oliveira disse que deixa o staff para se dedicar aos negócios da família no ramo de pedra brita.

Paulo Borges divulgou carta do partido negando que a sigla estivesse deixando o Governo por causa de um racha provocado no PSDB após um desentendimento de Taques com o ex-presidente do partido, o deputado federal Nilson Leitão - que estaria pressionando o governador por mais espaço.

O ex-presidente do MTI declarou que deixou a função para cuidar da direção do partido, acompanhando lideranças que devem disputar as eleições em 2018.

Carlos Nigro, adjunto de Turismo, pasta ligada à Casa Civil, pediu exoneração sob o argumento de que se afastou do posto porque concorreu e venceu o posto de presidente do Sindicato de Hotéis Restaurantes e Similares do Estado de Mato Grosso. Ele fala em voltar ao cargo se a lei permitir.

O delegado da Polícia Civil, Arnon Osny Mendes, pediu exoneração durante a reunião de secretariado, porém, motivo da saída ainda não foi informado.

Definidos

Já foi anunciado que no lugar de Fávaro assumiu a Sema o ex-adjunto Alexandre Torres Baby.

Quanto à saída do maestro Leandro Carvalho da Secretaria de Cultura, anunciada na sexta-feira, o Governo confirmou que quem assume a pasta é o secretário de Comunicação Kléber Lima. O Gabinete de Comunicação fica sob o comando do atual secretário-adjunto, o jornalista Marcy Monteiro.

Comente esta notícia