facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

29 de Dezembro de 2022, 15h:51 - A | A

PODERES / OPERAÇÃO NERO

Mulher de pastor preso pela PF chora; "Cadê as Forças Armadas?"; veja vídeo

Vândalos tentaram invadir um prédio da PF e incendiaram carros e ônibus em Brasília.

G1



A Polícia Federal (PF) prendeu no Rio de Janeiro o pastor Atilla Mello, pastor suspeito de envolvimento nos atos de vandalismo em Brasília no último dia 12. No episódio, vândalos tentaram invadir um prédio da PF e acabaram incendiando carros e ônibus.

Atilla tem 41 anos e é jornalista, que se apresenta como “patrióta” [sic]. Ele foi preso nesta quarta-feira (28) em São Gonçalo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A prisão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A defesa de Atilla afirmou que “a prisão cautelar foi um ato excessivo do ministro Alexandre de Moraes”. “Não há elementos probatórios de que Atilla é ou foi líder do ocorrido na sede da Polícia Federal em Brasília”, informam os advogados Daniel Barbosa Marques da Silva e Henrique da Costa Pinho.

Atilla estava em Brasília no dia 12 e, antes, passou dias no acampamento em frente ao Comando Militar do Leste, no Centro do Rio.

Nas imagens, Cari Mello chora e grita ao afirmar que o marido havia sido preso por ordem de Alexandre de Moraes, do STF. Ela também cobra providências de aliados da direita e das Forças Armadas ante a operação que mira 40 pessoas identificadas como participantes de atos (com 11 mandados de prisão expedidos por Moraes).

"Brasil, quero que vocês saibam que o meu marido está sendo levado pela PF aqui em São Gonçalo. Não sei qual é o motivo, mas o Xandão veio atrás da gente. Por favor, eu preciso de ajuda. (…) Ele tava lutando pela causa do Brasil, pela bandeira. Cadê o Exército? Cadê as Forças Armadas para soltar o meu marido? (…) Cadê a direita para defender a gente que tava lá lutando pelo Brasil?"

Leia mais em G1

Veja vídeo:


Comente esta notícia

Ronaldo Sérgio laurindo 29/12/2022

FORÇAS ARMADAS NO BRASIL NÃO FOI CRIADA PRA DEFENDER PESSOAS QUE COMENTEM CRIMES CONTRA A CONSTITUIÇÃO. FORÇAS ARMADAS É ORA SERVIR O BRASIL E O BRASIL 60 MILHÕES ESCOLHEU O PRESIDENTE LULA.

positivo
0
negativo
0

Xiiiiii 29/12/2022

Cadê neh! são massa de manobra agora ficam na mão! Senta e chora. Piliticos são todos farinha do mesmo saco e fatia do mesmo bolo.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1