facebook instagram twitter
Cuiabá, 27 de Março de 2023
logo
27 de Março de 2023

16 de Dezembro de 2018, 14h:30 - A | A

PODERES / ATÉ 2020

'Cuiabanos terão água 24 horas por dia', promete Emanuel

A declaração foi dada durante inauguração da nova ETA que atenderá 200 mil pessoas da região sul da Capital.

RAFAEL MACHADO E THIAGO ANDRADE
DA REDAÇÃO



Ao inaugurar a obra da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) da região sul de Cuiabá, o prefeito disse que a Capital caminha para ter abastecimento contínuo 24 horas, por dia, na torneira. Alguns bairros de Cuiabá ainda carecem de abastecimento diário e a ideia do gestor é de que isso seja deixado para trás.

A inauguração foi realizada na última quarta-feira (12). Para Emanuel, Cuiabá faz história ao anunciar um grande volume de recursos para investimentos na universalização do saneamento, o que é inédito no país entre as capitais, destaca o gestor. Segundo Pinheiro, os investimentos feitos pela Águas Cuiabá vão resolver o problemas do saneamento.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Sobre a importância da obra, o prefeito afirma ainda que haverá impacto na saúde e o meio ambiente. “Vai deixar de violentar e agredir o Rio Cuiabá, que recebe esgoto in natura”, diz.

Segundo ele, os investimentos vão evitar intermitência na distribuição de água. “Com essa obra aqui na região são 200 mil pessoas, o que significa um terço da população cuiabana, que será atendida, universalizando toda região sul e apoiando toda a região central, sendo a segunda maior ETA de Cuiabá, só perdendo para a São Sebastião, que é a ETA central, sendo um símbolo da saúde preventiva, do desenvolvimento sustentável para a população cuiabana”, comenta o prefeito.

Para 2019, no ano dos 300 anos de Cuiabá, o prefeito garantiu atendimento em 100% dos lares cuiabanos, água tratada recebida direto da torneira. “Vai acabar a história de que ficou dois dias sem água, três dias, dez dias, em dezembro de 2019, o ano dos 300 anos de Cuiabá, 100% dos lares terão água tratada nas torneiras, diariamente, 24 horas por dia”, destaca.

Já sobre o esgotamento sanitário, Emanuel disse que recebeu a cidade em 2017 com a marca já histórica de 33% de cobertura e em dezembro de 2019 esse número chegará a 61%, quase dobrando a cobertura do esgotamento sanitário na capital.

Comente esta notícia