Cuiabá, 30 de Novembro de 2022
logo

23 de Novembro de 2022, 14h:47 - A | A

PODERES / AÇÃO DO PL

Cattani não teme anulação de votos: “Temos que defender a pátria acima da nossa eleição”

Parlamentar defendeu ação do partido que questiona a utilização de urnas antigas no pleito presidencial.

APARECIDO CARMO
DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT



O deputado Gilberto Cattani (PL) disse, nesta quarta-feira (23), que a ação movida pela direção nacional do Partido Liberal, pedindo a anulação dos votos em urnas fabricadas antes de 2020, não deve ser vista de forma individualista, mas "pensando na pátria". Cattani é um dos maiores apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) no estado.

“Nós temos que defender a nossa pátria acima da nossa candidatura, da nossa eleição, do nosso cargo. Nenhum de nós que somos patriotas pensamos nisso. Nós queremos eleições limpas, só isso que nos interessa. O resultado disso não nos causa medo e não tem problema nenhum para nós”, disse.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Questionado se isso não seria um “tiro no pé”, já que grande parte das urnas usadas em Mato Grosso são justamente de modelos antigos, o que faria com que a maior parte dos votos de Jair Bolsonaro no estado fossem anulados no caso de a ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prosperar, o parlamentar foi enfático.

“Tiro no pé é se nós tivermos uma eleição que não seja limpa e transparente.”

Nessa terça-feira (22), o Partido Liberal entrou com ação na Justiça Eleitoral pedindo que os votos computados no segundo turno em urnas eletrônicas antigas sejam anulados. A alegação do partido é que essas urnas possuem o mesmo número de identificação única, o que não permitiria que a origem dos votos pudesse ser confirmada.

O ministro Alexandre de Moraes, presidente do tribunal, deu prazo de 24h para que o partido incluísse no processo a votação do primeiro turno, já que foram utilizadas as mesmas urnas nos dois pleitos.

LEIA MAIS - Moraes dá 24h para que PL e Bolsonaro apresentem relatório com dados do 1º turno

Comente esta notícia

jorge luiz Sganzerla 23/11/2022

QUEREMOS A VERDADE ELEIÇÃO NÃO SE TOMA, LULA FALOU QUE BOLSONARO IRIA SAIR PELOS FUNDOS, A GLOBO REVELOU O RESULTADO ANTECIPADO DANDO VITÓRIA AOS LADRÕES. ELEIÇÕES FRAUDULENTAS ELEIÇÕES FRAUDADAS.

1 comentários

1 de 1