Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

11 de Novembro de 2016, 12h:00 - A | A

PAPO RETO / UBER EM CUIABÁ

Taxistas vão à Câmara para pedir bloqueio na Capital

DA REDAÇÃO



Um grupo de taxistas esteve na Câmara de Cuiabá nesta quinta-feira (10) para pedir o apoio dos vereadores para impedir a operação do Uber na cidade. Eles exigem a aplicação da lei 5.921/2015, que regulamenta o serviço de táxis através de permissões.

Representantes do Uber - que utiliza de um aplicativo para comunicação entre o passageiro e motorista particular - estiveram durante a semana para agregar motoristas para atuarem na região.

O Uber já funciona, com sucesso em outras capitais do centro oeste, como Goiânia e Campo Grande. Os taxistas reclamam, e com razão, da alta carga tributária que pagam, como qualquer empresário, para prestar o serviço que o Uber presta sem pagar nada. A categoria quer que a Câmara vote uma lei que impessa o Uber de atuar na capital de MT. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Mônica Santos 12/11/2016

Pois eu sou a favor do Uber, principalmente depois do que me aconteceu ontem: preciso ir até o Cenárium Rural, estou perto do Shopping Pantanal, perguntei se o taxista estava livre e ele acenou que sim. Entro no taxi e dou a direção que pretendo ir. O taxista diz que não sabe onde é, fica me enrrolando, pergunto pra ele, "o senhor não tem GPS?" Ele: "Ahhhh eu não sei usar" desconfio que não tinha o gps... um taxi que não estava sujo, mas não estava limpo... e o mais chato, a corrida deu R$ 8,30 e ele arredondou pra R$ 9,00. Dou uma nota de R$ 10,00 e o infeliz alega não ter o troco! Já não é a primeira vez que pego taxista mal educado, mal preparado...passou já da hora de ter UBER em Cuiabá, quem sabe assim se ligam outros profissionais também!

11/11/2016

Na minha opinião não precisa impedir o UBER de rodar. Pôs pra População eles são muito mais em Conta. Os TAXIS são muito caro.

2 comentários

1 de 1