Cuiabá, 16 de Agosto de 2022
logo

08 de Dezembro de 2017, 17h:43 - A | A

PAPO RETO / CAFÉ QUENTE

Ministro Fux: Fabris fugiu de apartamento enquanto PFs entravam no prédio

DA REDAÇÃO



O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux revelou que no dia da deflagração da Operação Malebolge, em 14 de setembro, os policiais federais encontraram café quente ao vasculhar o apartamento do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), acusado de obstrução à Justiça, por sair do local minutos antes com uma maleta.

Fux relatou que Fabris tentou ludibriar os policias, pedindo que o porteiro do edifício falasse que ninguém frequentava o local há muito tempo.

"Mas quando arrombaram o apartamento, encontraram café quente, recém preparado. Ele fugiu por outro elevador, de pijamas, enquanto os policiais subiam", disse o ministro.

Fabris foi preso no dia seguinte, com autorização de Fux. O ministro apontou a suspeita de a maleta, levada antes da chegada da PF, conter documentos importantes para a investigação. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia