Cuiabá, 13 de Agosto de 2022
logo

07 de Dezembro de 2017, 20h:30 - A | A

PAPO RETO / CLIMÃO NA CORTE

Ministro do STF rebate Gilmar Mendes e insinua que MT é estado atrasado

DA REDAÇÃO



Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes e Luiz Fux, discutiram durante o julgamento da Ação Direta de Constitucionalidade (ADI), que busca anular a permissão de deputados estaduais em votar a manutenção ou não da prisão de colegas parlamentares.

O julgamento tratou de casos de prisões de deputados em Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Quando Gilmar Mendes citou diferenças entre os casos de Mato Grosso e Rio de Janeiro, Fux se manifestou e deixou um clima de conflito no ar.

"As ações tratam basicamente da mesmíssima coisa, a única diferença é que Mato Grosso é um Estado progressista e o Rio de Janeiro está em falência", disse Gilmar.

"Progressista, não sei. Depois que li aquela delação daquele ex-governador Silval Barbosa...", rebateu Fux.

Fux homologou a delação de Silval e é o relator dos processos decorrentes da Operação Malebolge, deflagrada baseada na documentação entregue pelo ex-governador.

Antes da divulgação da delação, Fux chegou a chamá-la de "monstruosa".

Veja o vídeo da discussão.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia