Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

23 de Dezembro de 2013, 16h:27 - A | A

PAPO RETO / NO CONEXÃO PODER

João Emanuel tenta mostrar que não tem nada a ver com a Operação Aprendiz

DA REDAÇÃO



O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Cuiabá, João Emanuel (PSD), bem que tentou explicar que não tem nada  a ver com a investigação feita durante a operação APrendiz do Ministério Público (MPE), mas a sua situação é delicadíssima. O vereador foi entrevistado do programa 'Conexão Poder', nesse domingo (22), e tentou de todas as formas mostrar que não tem envolvimento nos crimes dos quais é acusado.

João Emanuel chegou a dizer que depoimentos que já foram prestados por outras pessoas ao Gaeco o tiram do alvo dos promotores. “A verdade já está aparecendo e temos convicção na nossa inocência”, comentou. Na entrevista, João Emanuel negou que tenha renunciado com receio de ser cassado. Ele argumentou que deixou a presidência para não atrapalhar as investigações do MPE. Sobre a perda do apoio dos vereadores que o ajudaram a ser eleito presidente e que agora viraram as costas, Emanuel disse que cada um no Parlamento é independente. E admitiu que toda investigação é válida, ao se referir ao pedido de cassação feito pelo PSB à Mesa Diretora.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

MILTON CAMPOS 25/12/2013

esse e o fim deste amador morreu no ninho,só não entendo uma coisa como ele fez toda esta lambança tendo o mestre que tem, significa que mestre também esta perto do fim.

vicente 24/12/2013

assisti a entrevista e não acreditei nada o que ele falou, alias ele não iria dizer nada diferente en sua lambamça, como politico ja era

2 comentários

1 de 1