facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

26 de Setembro de 2017, 11h:56 - A | A

PAPO RETO / ALVO ERRADO

Ex-mulher de deputado pede devolução de objetos e diz que ele não frequenta casa

DA REDAÇÃO



O colunista do Jornal O Globo, Lauro Jardim, publicou nesta terça-feira (25) que a ex-mulher do deputado estadual José Domingos Fraga ingressou com reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) informando que sua casa foi alvo de mandado de busca e apreensão por parte da Polícia Federal no dia 14 de setembro, na deflagração da Operação Malebolge.

Segundo a mulher, que não teve o nome divulgado, Zé Domingos não frequenta a casa dela, nem mesmo esporadicamente. Mesmo assim, ela teve objetos apreendidos pela PF e pede a devolução de tudo que foi levado de sua casa.

Zé Domingos foi alvo da PF após ter sido filmado pelo ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa, Silvio Correa, recebendo dinheiro, supostamente propina. 

Confira a íntegra da publicação

A ex-mulher de José Domingos Fraga Filho entrou com reclamação no STF por ter tido sua casa revirada há duas semanas. O deputado estadual é investigado na delação do ex-governador Silval Barbosa por ter recebido propina, e é um dos políticos que aparece nas imagens recebendo bolos de dinheiro.

Foi alvo de mandados de busca e apreensão dentro da Operação Malebolge. Acontece que um dos endereços vasculhados foi justamente a casa da ex-mulher, de quem Fraga se separou já há seis anos.

Segundo ela, o endereço não guarda qualquer relação com ele, "ainda que ínfima", não sendo frequentado pelo ex-marido "nem de forma esporádica". Ela agora pede ao ministro Luiz Fux para ter devolvidos seus objetos apreendidos na ocasião.

Arquiteta, ela alega estar tendo prejuízos por não ter acesso a projetos e contatos de clientes em posse dos investigadores.

 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia