Cuiabá, 30 de Janeiro de 2023
logo

31 de Outubro de 2014, 14h:46 - A | A

PAPO RETO / COINCIDÊNCIA OU NÃO

Após Silval dizer que juiz foi 'sacana', TJMT mantém bloqueio de seus bens

DA REDAÇÃO



Coincidência ou não, só foi o governador Silval Barbosa (PMDB) dizer que a decisão do juiz Luis Antônio Bertolucci, em bloquear os seus bens, foi 'sacanagem', que o Tribunal de Justiça manteve a decisão em manter o bloqueio, por meio da desembargadora Nilza Pôssas de Carvalho, após a defesa do governar entrar com recurso contra a decisão de primeira instância. A desembargadora Nilza Maria Pôssas de Carvalho manteve a decisão de bloquear os bens do governador Silval Barbosa (PMDB), do secretário de Fazenda, Marcel Souza de Cursi, do secretário da Casa Civil Pedro Jamil Nadaf, do ex-secretário de Fazenda,  Edmilson José dos Santos, da JBS/S.A, nome de fantasia FRIBOI, e do empresário Valdir Aparecido Boni no valor de R$ 73 milhões. A decisão foi dada nesta quinta-feira (30). Além do bloqueio, também foi determinado pela Justiça a quebra do sigilo fiscal e bancário dos acusados.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia