Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

18 de Novembro de 2014, 23h:01 - A | A

NACIONAL / ESCÂNDALO DA PETROBRAS

Empreiteira que construiu Arena Pantanal pagou propina de R$ 8 milhões

DA REDAÇÃO
Com UOL



O vice-presidente executivo da Construtora Mendes Júnior, responsável principal pela obra da Arena Pantanal, em Cuiabá, Sérgio Cunha Mendes, afirmou nesta terça-feira (18) à Polícia Federal que pagou R$ 8 milhões ao doleiro Alberto Youssef entre julho e setembro de 2011. 

O motivo seria evitar represálias em contrato da empreiteira com a Petrobras. O doleiro é o pivô do maior escândalo nacional desde o mensalão.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

As informações sobre propina foram dadas pelo seu advogado de Youssef, Marcelo Leonardo. Ele disse que seu cliente não sabe para onde foi o dinheiro, depositado em contas de empresas do doleiro.

"A empresa que não fizesse pagamento não receberia a fatura a que teria direito legitimamente", disse o advogado.

A Mendes Júnior teria contrato com a Petrobras para obras na refinaria Presidente Vargas (Repar), em Araucária (PR). 

O advogado de Youssef, Antônio Figueiredo Basto, disse desconhecer o teor do depoimento do diretor da  Mendes Júnior. 

Comente esta notícia